Inter: não sobre, suba!

Foram tempos difíceis esses sete primeiros meses do ano. Um estadual irregular, mesmo que tenha alcançado a final e um primeiro turno onde o colorado demorou a dar confiança ao seu torcedor. Mas, como sempre há espaço para um clichê, posso dizer: “o tempo é o senhor de tudo.”