Cesar Bueno é dispensado do Grêmio; queda acontece com atraso

O Grêmio confirmou a demissão de Cesar Bueno na tarde desta quarta-feira. O comandante do grupo de transição não conseguiu um bom desempenho nas três competições que comandou a equipe.

Leia todas as informações sobre as categorias de Base

Cesar somou apenas 1 ponto no Brasileirão Sub 23, o primeiro desafio que teve no comando da equipe. Em quatro jogos foram três derrotas e um empate. Já quando comandou o time de transição no brasileirão de 2017, nos jogos contra Santos e Atlético-MG, o time sofreu duas derrotas.

Foto: Lucas Uebel/ Grêmio

O último capítulo até a sua queda aconteceu no começo de 2018. Em 4 partidas pelo gauchão, o tricolor somou apenas 1 ponto. A equipe ficou na zona de rebaixamento do Estadual. E chegou a lanterna da competição após a primeira rodada do time principal.

A demissão de Cesar acontece num momento equivocado. Ele deveria ter saído ao final de 2017. Ganhou sobrevida no estadual e deixou o clube em uma situação delicada, embora poucas pessoas acredite mesmo que o tricolor não se classificará para a fase final do estadual.

Foto: Lucas Uebel/ Grêmio

Cesar tinha nas mãos boas peças, mas não conseguiu fazer elas renderem. O time não desempenhou com seu comando. A sua saída é completamente compreensível. O planejamento tricolor não está errado e o torcedor que acompanha o clube sabe que existem boas peças no grupo de transição.

Bueno chegou a culpar a falta de experiências dos atletas para os insucessos da equipe no estadual. Isso é mais um sinal de que ele não estava pronto para a função, não os atletas. O Grêmio busca um novo comandante para a equipe de transição.

About Thales Barreto

Olá! Sou Thales Barreto e tenho 31 anos. Me formei em jornalismo pela Famecos/ PUCRS em 2009. Possuo blogs desde o começo da década passada, tendo criado o Simullações em 2006. Atualmente sou editor-chefe do site esportivo Conexão Grenal.

View all posts by Thales Barreto →

Deixe uma resposta