CBF premia Grêmio em noite de festa do Brasileirão

Grêmio, Notícias

A Confederação Brasileira de Futebol premiou, na noite da ultima segunda feira, os melhores do campeonato brasileiro. O Grêmio foi lembrado com o título da categoria Fair Play, como o clube menos faltoso da competição. Geromel e Arthur também foram premiados.

Veja como ficou a classificação do Brasileirão 2017

O Grêmio  foi o vencedor da categoria Fair Play do Prêmio Brasileirão 2017. O atual campeão da Taça Libertadores da América foi homenageado por ter sido a equipe que mais respeitou a integridade de seus adversários, com o menor número de cartões e de faltas cometidas.

Foto: Lucas Figueirense/ CBF

Geromel representou a equipe gaúcha e declarou, ao site da CBF que os atletas “tem acompanhado uma série de atitudes positivas dos jogadores dentro de campo nessa temporada e os novos sistemas de arbitragem também tem contribuído bastante para o jogo mais limpo”.

Inscreva-se no nosso canal no YouTube

O site da principal entidade do futebol nacional apontou o Grêmio como “a equipe que melhor incorporou o espírito da competitividade e da esportividade no decorrer da competição”. O Grêmio teve média de 14,4 faltas por partida e somou apenas 69 cartões amarelos e apenas dois vermelhos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Além de receber o prêmio de Fair Play, representando o Grêmio, Geromel ainda levou o troféu de melhor zagueiro da competição, formando dupla com o defensor Balbuena, do Corinthians. O zagueiro declarou, ao site da CBF, que “é um prazer inenarrável estar aqui. Ano passado eu vim, curti tanto estar ao lado dessas feras… Vou fazer de tudo para estar de novo no ano que vem. Estar aqui esse ano me motiva para trabalhar para começar o ano que vem com tudo para voltar aqui no final do ano de novo”.

Siga o Conexão Grenal no Instagram

Outro atleta gremista premiado nesta edição do Prêmio do Brasileirão foi Arthur. O volante recebeu o prêmio de revelação da competição e de melhor volante, ao lado de Bruno Silva, do Botafogo. Arthur disse para o site da CBF que 2017 “foi um ano mágico”. Destacou que “aconteceram muitas coisas boas que só tenho a agradecer a Deus e a todos que me ajudaram”.  O meia finalizou afirmando que está “vivendo um sonho porque no começo do ano se me falassem isso eu não acreditaria que estaria aqui hoje. Mas as coisas deram certo, caminharam no tempo certo e estou muito feliz por estar aqui”.

Deixe uma resposta