Renato Portaluppi é cada vez mais ídolo do Grêmio

Opinião

Ídolo máximo do Grêmio, Renato Portaluppi já ultrapassou 365 dias no comando do time gaúcho, um recorde para qualquer treinador neste tão volátil mercado brasileiro. Renato ainda tirou o tricolor da seca de 15 anos sem títulos de maior expressão.  Mas não satisfeito, o treinador irá superar mais uma marca nesta quarta-feira, dia primeiro de novembro – irá se igualar a Tite como técnico que mais treinou o Grêmio na história da competição sul-americana com 22 jogos.

Assim foi a trajetória do Grêmio na Libertadores 2017

Caso o time tricolor consiga garantir vaga na final da Libertadores da América de 2017 – como parece ser a tendência após a vitória por 3×0 e Guayaquil – Renato, consequentemente, chegará a 24 jogos na beira do campo regendo a batuta gremista. Atualmente, alista dos cinco técnicos com mais embates à frente do tricolor gaúcho é: Tite (22), Renato (21), Luiz Felipe Scolari (20), Mano Menezes (14) e Valdir Espinosa (12).

Foto: Lucas Uebel/ Grêmio

Indo além, na perspectiva mais otimista do torcedor tricolor, Portaluppi pode ser alcançar a façanha de ser campeão da América como jogador e treinador – algo para poucos. E, caso isso ocorra, a brincadeira da estátua poderá alcançar status de realidade.

“Em 1977 a gente se concentrava em um convento”, revela Yura, ex-jogador do Grêmio

Contudo, independente do resultado desta noite, é inegável – até para quem recebeu Renato Portaluppi com muito receio após a saída de Roger Machado – que o ex-atleta fortalece a cada dia mais seu status de ídolo dentro do Grêmio.

One thought on “Renato Portaluppi é cada vez mais ídolo do Grêmio

Deixe uma resposta