O velho Grêmio voltou

Opinião

O Grêmio começou o ano com muitas dúvidas em relação ao planejamento para 2017. Os reforços para a libertadores foram: Bruno Cortez, que teve uma temporada de qualidade no Botafogo, mas depois nunca mais foi o mesmo, Léo Moura foi contratado do rebaixado Santa Cruz, Michel do Atlético Goianiense, então na Série B e Leonardo do BOA Esporte. Ainda foram contratados Jael, e o centroavante contestado do Palmeiras, Lucas Barrios. O que era para ser um planejamento errado, acabou dando muito certo e a equipe do treinador Renato Gaúcho parece jogar por música.

Leia as notícias sobre o Grêmio

No jogo contra o Cruzeiro essa situação se traduziu de maneira muito clara. Michel, aquele mesmo jogador do Atlético Goianiense, jogou muito, Bruno Cortez fez uma partida segura e aquele centroavante contestado do Palmeiras foi o autor do gol da vantagem. O time de Renato não inventa, faz o simples e convence. A equipe é a melhor do Brasil pelo conjunto da obra- Está nas semifinais da Copa do Brasil, quartas de finais da Libertadores e segundo lugar no Brasileiro.

O Grêmio conquistou a Copa do Brasil ano passado e Renato queria uma estátua, em tom de brincadeira claro. Aquele Grêmio de Renato, Jardel, Paulo Nunes e Cia está de volta e novamente encanta os torcedores gremistas. Se a conquista da Copa do Brasil rendeu um busto para Renato, a da libertadores irá render o que?

Deixe uma resposta