2017: O ano para não ter medo de ser feliz

Opinião

Com a derrota para o Botafogo por 1×0 no último domingo criou-se uma onda de preocupação e debate após a seguinte frase de Renato Portaluppi: É mais difícil, mas pode ter certeza que vamos disputar essas duas competições (Libertadores e Copa do Brasil) com a equipe titular e, no Brasileirão, vamos usar a garotada”.

Leia as últimas notícias sobre o Grêmio

Usar a garotada, – este é o problema -, o Grêmio notoriamente disputa Libertadores da América, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro com chances reais de título, apesar da larga vantagem do Corinthians no Brasileirão. Porém, como é de conhecimento geral, é impossível suportar o apertado e longo calendário da CBF e da Comebol, assim é natural que haja um revezamento de jogadores conforme o tempo vai passando.

Pois bem, revezamento de atletas é poupar quem está mais desgastado e fazer uso dos reservas, por exemplo, optar por escalar Edilson ou Léo Moura, Cortez ou Marcelo Oliveira, Marcelo Grohe ou Paulo Vitor e assim por diante. Mas pela segunda vez na temporada, Renato Portaluppi decidiu fazer uso da tal garotada, que é equivalente ao time C do tricolor.

Ao montar uma escalação com Leonardo Gomes, Jaílson, Kaio, Linconl, Batista e ainda, usar como opções Dionathã, Jean Pierre e Patrick, o comandante gremista está claramente abrindo mão da competição nacional onde hoje ocupa a segunda colocação. O problema de fazer uso de tais jovens é o eminente e provável risco de perder uma vaga no G6 do Brasileirão. E caso não ganhe Libertadores e Copa do Brasil, o ano de 2018 vai servir apenas para competições nacionais – o que claramente será muito pouco!

Com 11 titulares muito bem definidos, Renato deveria utilizar como peças de revezamento jogadores como Paulo Vitor, Léo Moura, Marcelo Oliveira, Maicon, Douglas, Bolaños e Arroyo ao retornarem de lesão, Fernandinho e Everton, mesclando os nove jogadores citados com 2 titulares em boas condições físicas, – e aí sim, fazendo uso de garotos como opção no banco de reservas -, o Grêmio terá condições de disputar as três competições sem desperdiçar nenhuma de forma antecipada.

Com um bom elenco, algo que não se via há anos, o Grêmio representado nas figuras de Renato, Odorico Roman e Romildo Bolzan Jr. precisa fazer as opções corretas sob risco de desperdiçar o 2017 e 2018 do Grêmio por medo de ser feliz!

Deixe uma resposta