ARI emite nota de repúdio a declaração de Guto Ferreira

Destaque

Na tarde desta quarta-feira a Associação Rio Grandense de Imprensa se manifestou sobre a declaração machista de Guto Ferreira, treinador do Inter, contra a repórter da RBSTV Kelly Costa. Ao ser questionado “se é só mérito dos adversários ou se você reconhece ser uma falha técnica” o técnico colorado disparou “Desculpe, não vou fazer essa pergunta para você porque você é mulher e, de repente, não jogou”.

Confira a nota:

A Associação Riograndense de Imprensa vem por meio desta prestar solidariedade à jornalista Kelly Costa da RBS que ontem no exercício da sua atividade profissional foi afrontada pela discriminação de gênero, durante uma entrevista coletiva com o Técnico do Sport Clube Internacional, transmitida ao vivo. Ainda que o Sr. Guto Ferreira tenha posteriormente, fora do ar, feito o pedido de desculpas, o incidente demonstra que ainda hoje há um desrespeito para com as colegas jornalistas, em especial no mundo do futebol. Atitude que repudiamos com veemência e que deve ser combatida pelos clubes, pelos jogadores, pelos torcedores, pelos colegas jornalistas, pelas entidades representativas como a nossa, por toda a sociedade. É preciso discutir e divulgar casos como este para que nunca mais aconteça.

Cristiane Finger
Vice-presidente da Associação Rio-grandense de Imprensa (ARI)

Outras repórteres que estavam presente na coletiva também se manifestaram através do Facebook:

 

Deixe uma resposta