Novo Hamburgo vence o Inter nos pênaltis e é campeão estadual

Destaque, Inter, Notícias

Foi uma grande final. Após uma grande campanha na fase de classificação e superando São José e Grêmio nas fases seguintes o Novo Hamburgo sagrou-se campeão gaúcho após empatar com o Internacional em 1 a 1 no tempo normal e vencer, nas penalidades, pelo placar de 3 a 1.

A decisão do gauchão começou com o Novo Hamburgo tendo a primeira oportunidade do jogo, com João Paulo desviando bola alçada na área para a linha de fundo. O Inter assumiu o controle da partida e chegou a reclamar de uma possível penalidade em Brenner, porém a arbitragem nada marcou. A melhor oportunidade colorada aconteceu aos 9′ em cobrança de falta de D’Alessandro que exigiu ótima intervenção de Matheus.

Foto: Ricardo Duarte/ Inter

Após troca de ataque o Novo Hamburgo chegou ao gol aos 21′. Assis levanta a bola na área e Ernando, ao tentar cortar, acaba empurrando contra o patrimônio, sem chances para Danilo Fernandes. O tento deixou o time do Vale dos Sinos mais animado e o Inter, que já demonstrava insegurança, acabou não conseguindo voltar para a partida. Nas poucas jogadas que criavam os atacantes do Inter estavam em impedimento.

Para a etapa final o treinador colorado promoveu uma alteração. Sacou Ernando, que estava atuando improvisado na lateral esquerda, para a entrada de Carlos. Assim Uendel retornou para a sua posição de origem. A modificação queimou o defensor colorado, mas corrigiu um erro cometido pelo técnico na escalação.

Foto: Ricardo Duarte/ Inter

Já com a bola rolando o Inter subiu e foi para o ataque. A pressão deu certo e Dourado aproveitou um bate e rebate dentro da área para igualar o marcador. O tento não acalmou o colorado que manteve a pressão na tentativa de virar a peleja. Sem forças o Novo Hamburgo não conseguia sair de seu campo de defesa.

O controle da partida dava a oportunidade de o Inter desperdiçar várias possibilidades de gol criadas pelo time da capital. Começando a dar sinais de cansaço o time do Novo Hamburgo fez a sua primeira alteração por volta dos 20′ da etapa final. Branquinho foi sacado do time para a entrada de Lucas Santos.

Foto: Ricardo Duarte/ Inter

 

As tímidas investidas do Novo Hamburgo acabavam não levando perigo para a meta de Danilo Fernandes, que seguia sem ser exigido. O ritmo do jogo deu uma desacelerada ficando preso nas intermediárias. Edenilson acabou sendo sacado após lesionar-se sozinho. Zago resolveu colocar Valdívia em campo deixando o Inter ainda mais ofensivo.

Já nos últimos minutos Nico López agrediu Assis com um cotovelaço, mas não foi punido pela arbitragem. Nos acréscimos os dois treinadores promoveram alterações. Assis foi sacado para a entrada de Léo Carioca no Novo Hamburgo, Zago colocou Diego na posição de Carlos, que havia entrado no intervalo. Sem modificação no placar a decisão foi para as penalidades. Com três erros em sequência o Inter acabou sendo derrotado pelo placar de 3 a 1 e viu a festa do Novo Hamburgo, Campeão Gaúcho de 2017.

Deixe uma resposta