Inter fica no 2 a 2 com o Novo Hamburgo na decisão do Gauchão

Destaque, Inter, Notícias

A primeira partida da decisão do Gauchão 2017 terminou empatado em 2 a 2 entre Inter e Novo Hamburgo no Gigante da Beira-Rio. A partida da volta acontece no próximo domingo, 7, as 16h. O encontro ainda não tem local definido, está entre o Estádio do Vale e o Centenário, em Caxias do Sul.

Foto: Ricardo Duarte/ Inter

Foram precisos 17′ para que o primeiro tento da peleja acontecesse. O Novo Hamburgo já havia, no primeiro minuto, acertado o pé da trave de Keiller, na segunda oportunidade, em um novo escanteio, João Paulo teve toda a liberdade para subir sozinho e colocar no fundo das redes. Entre um ataque e outro do Noia, o Inter teve um bom momento em disparo perigoso de Anselmo. Pelota foi colocada no ângulo, mas acabou indo pela linha de fundo. O colorado tinha mais posse de bola e volume de jogo, mas não levava grande risco para a meta de Matheus.

Na sequência do jogo o Inter manteve o controle da partida e viu o Novo Hamburgo investir nos contra-ataques, mas sem grande perigo. Já o time colorado não consegui verticalizar, em uma grande oportunidade que teve, Carlos recebe lançamento de Rodrigo Dourado, mata no peito e tenta um balãozinho em Matheus, mas Pablo afasta o perigo.

Foto: Ricardo Duarte/ Inter

Ainda no primeiro tempo o arqueiro Matheus precisou fazer mais uma grande intervenção após finalização certeira de D’Alessandro. No intervalo Antônio Carlos Zago retirou Anselmo para a entrada de Roberson. O ex-jogador do Juventude entrou para jogar como centroavante, o que pressionou a defesa do Novo Hamburgo. Foi nessa pressão que o Inter conseguiu igualar o marcador aos 7’. Roberson tabela com Edimilson e invada a área, ao finalizar cruzado Júlio Santos salva, mas a pelota bate na cabeça de Matheus, que estava caído, e vai morrer nas redes. Era o Inter igualando o marcador no Gigante.

O Inter manteve a pressão e assustou a defesa do Novo Hamburgo, que seguia apostando nos contra-ataques para modificar a história do jogo. Foi numa dessas subidas que conseguiu um escanteio. Bola alçada por Jardel, defesa colorada falha, Keilar sai errado do gol e Assis consegue cabecear para as redes. O Noia voltava para a dianteira da disputa.

Em desvantagem o colorado voltou a se colocar no ataque, pressionar o adversário. Quando o Gigante rugiu por Valdivia, sacou Roberson, lesionado, e colocou o xodó da torcida no relvado. A pressão colorada assustava o Novo Hamburgo. Aos 35’ bola cruzada na área para nas barbas de Carlos, Matheus e Valdívia, sem ninguém tocar nela. Dois minutos mais tarde Nico passaria para D’Alessandro que lhe devolveria cara a cara com o guarda-redes oponente, aí foi só o uruguaio usar seu talento para colocar no fundo das redes.

Foto: Ricardo Duarte/ Inter

Antes de terminar a peleja uma bola foi alçada para a área do Inter, Keiller, terceiro arqueiro, acabou lesionando-se na dividida com o adversário e precisou ser substituído. Lomba, que está com uma lesão na coxa, precisou entrar no sacrifício para os minutos restantes do jogo. Como não existe saldo qualificado na decisão um empate no próximo domingo leva a final para a disputa de pênaltis. Quem vencer garante o título.

Deixe uma resposta