Inter vence a Recopa gaúcha nos pênaltis após empatar com o Ypiranga

Destaque, Inter, Notícias

Pela nona rodada do Campeonato Gaúcho, nesta quarta-feira (22) o Internacional foi até Erechim enfrentar o Ypiranga no estádio Colosso da Lagoa, em busca de três pontos e, principalmente, mais um título da Recopa Gaúcha.

Com dois times jogando de forma muito compacta e com muita vontade, a partida teve um primeiro tempo praticamente sem chances claras de gol para ambos os times. Aos 11 minutos Éder recebeu a bola pela direita, na entrada da área colorada, bateu forte e assustou o goleiro colorado.

Foto: Ricardo Duarte/ Inter
Na sequência da partida, por volta dos 35 minutos, o Inter tentou tocar a bola para acalmar a partida e achar espaços na defesa do time da casa, no entanto a equipe de Antônio Carlos Zago conseguiu apenas alguns cruzamentos que não levaram perigo algum ao Ypiranga. E quando parecia que o primeiro tempo acabaria sem emoção alguma, aos 40 minutos, Léo Ortiz e Danilo Fernandes se atrapalharam após lançamento longo do goleiro Carlão na área colorada e o meia ex-Inter, Thales Cunha, aproveitou para dar um toquinho na bola e abrir o placar para o Ypiranga.

No segundo tempo, o técnico colorado Zago não teve medo e abriu o time com a entrada de Valdívia no lugar do zagueiro Paulão e Roberson no de Nico López para ir em busca da vitória e o título da Recopa Gaúcha. Com mais jogadores ofensivos e com mais velocidade no setor, o Internacional iniciou o segundo tempo pressionando a saída de bola do Ypiranga enquanto o time da casa passou a investir nos contra-ataques. Aos 11 minutos Valdivia fez boa jogada pela direita e cruzou, Uendel dominou dentro da área e tocou para Roberson que, de cabeça, errou o tempo de bola embaixo das traves e, no rebote, Brenner bateu firme mas zagueiro Negrete salvou em cima da linha.

Foto: Ricardo Duarte/ Inter
No decorrer da segunda etapa a partida voltou a se equilibrar. O colorado buscando jogo principalmente com Valdivia pelo lado direito de ataque, enquanto o Ypiranga procurava jogar pelo lado esquerdo de ataque com o meia Talles Cunha. Quando o relógio marcava 25 minutos, D’Alessandro cobrou escanteio, Dourado desviou e Brenner, em baixo da trave marcou para o Inter! Porém, a alegria durou colorado durou pouco, pois o árbitro Anderson Daronco já havia marcado impedimento do centroavante do Internacional.

Aos 40 minutos, Andrigo cruzou de dentro da área e a bola bateu na mão de Éder que estava com o braço desnecessariamente esticado. Na batida, o centroavante Brenner bateu com perfeição no canto direito do goleiro e empatou para o Internacional! Nos minutos finais de partida, ambos times tiveram boas chances para desempatar o jogo, contudo, faltou qualidade para os jogadores. Com o 1×1 ambas equipes somaram um ponto no Gauchão e foram disputar o título nos penaltis.

Foto: Ricardo Duarte/ Inter
Na primeira cobrança Thales Cunha marcou para o Ypiranga; D’Alessandro também marcou e empatou; Evair também bateu bem e marcou para o time da casa; William também bateu muito bem e empatou para o Inter; na vez de Carlão o goleiro do Ypiranga marcou também; na sequência Valdivia marcou mais uma vez os visitantes; Éder aparentemente assustado bateu mal e Danilo Fernandes defendeu a quarta cobrança do Ypiranga; em seguida Léo Ortiz converteu sua cobrança; na quinta e última cobrança Márcio bateu mal e mais uma vez Danilo Fernandes defende!

Este slideshow necessita de JavaScript.

No próximo domingo, o Internacional vai enfrentar o São José, no Passo D’Areia, às 16, em busca de três pontos para tentar garantir a classificação para próxima fase do Campeonato Gaúcho.

Deixe uma resposta