Antônio Carlos precisa encontrar um time logo

Opinião

O Internacional de Antônio Carlos Zago ainda não agradou. Quando foi anunciado como treinador do Inter ainda no final do fatídico ano de 2016, Zago já recebeu olhares de desconfiança de boa parte da torcida colorada. Essa desconfiança está se confirmando na temporada 2017, com foco principal em voltar para a série A do Campeonato Brasileiro, o Inter ainda não tem um time titular algo que é imprescindível para concretizar o objetivo da temporada. Embora o clube tenha 100% de aproveitamento na Copa do Brasil e Primeira Liga, no Campeonato Gaúcho a situação é mais complicada, atualmente ocupando a sexta colocação, Zago não repetiu nenhuma vez a escalação do Inter nesta temporada, e isso interfere diretamente no desempenho coletivo da equipe.

Foto: Ricardo Duarte/ Inter

O treinador, que fez um bom trabalho no Juventude, parece meio perdido com a quantidade de opções que tem para montar o time do meio para frente. D´Alessandro é o capitão, homem de confiança de Zago e é o único que tem titularidade confirmada junto com Brenner que é o goleador da equipe na temporada com 11 gols no comando do ataque. Mas para as outras quatro posições, o técnico tem atualmente oito opções, Andrigo, Ferrareis, Valdívia, Diego, Roberson, Nico López, Seijas e Carlos, em maio para a disputa da Série B as opções sobem para dez, com o retorno de Eduardo Sasha lesionado e a chegada do contratado William Potker da Ponte Preta.

A direção do Internacional está dando todo respaldo para o trabalho de Zago, e falar em demissão é realmente muito equivocado no momento, mas o fato é que o treinador colorado precisa achar rápido a escalação ideal, para o time começar a ter um verdadeiro jogo coletivo e conseguir voltar para a Série A do Brasileirão, a pressão em cima do técnico vai ser muito grande e se ele não encontrar uma solução rápida, pode correr o risco de não terminar o ano na frente da casamata colorada.

Foto: Ricardo Duarte/ Inter

Acredito que Antônio Carlos Zago tem o potencial para conseguir montar um time que jogue um bom futebol, se parar com invenções e improvisações, usar os jogadores que estão melhores no momento, se fizer o simples o técnico consegue sim atingir o objetivo da temporada, mas ele precisa abrir os olhos e enxergar o que está na sua frente.

Deixe uma resposta